Meditação muda o cérebro para melhor, diz estudo

A meditação é um elemento de muitas religiões, e é praticada há milhares de anos, além de ser um método de terapia e relaxamento. No entanto, a compreensão científica de como a meditação muda o corpo é cada vez maior. Agora, pesquisadores descobriram que a meditação realmente afeta o cérebro – e para melhor.


Alguns estudos indicam que a meditação pode alterar fisicamente o cérebro e o corpo, reduzir a pressão sanguínea, a insônia e os sintomas de depressão e ansiedade. Mas as mudanças induzidas no cérebro talvez sejam as mais impressionantes. Em 2011, cientistas relataram na Psychiatry Research: Neuroimaging que oito semanas de engajamento de, em média, 27 minutos por dia de meditação resultam em diferenças no cérebro.